Contribua para a Campanha do Agasalho 2009

Campanha do Agasalho 2009

Tuesday, October 16, 2018


PREFÁCIO

Olho o Céu. Lá no Alto vejo um enorme pássaro cinzento feito de nuvens cinzentas.

São 20 horas. Divago sobre tudo o que a minha mente comporta. Perpassam por mim ilusões que a vida erradicou.
Eram sonhos que ainda recordo de uma paixão e encanto gigantescos. Sinto que o meu cérebro é sustentado por alavancas que comunicam entre si levantando e baixando ao ritmo do mundo.
Só sei que falo e escuto com atenção aos pormenores que comunicam sofregamente.
                                                                                   António Pena Gil    

Eu E A Minha Adorável Casa!

Hoje, levantei-me, por volta das sete horas. A casa “dormia” ainda. A sua pacatez era óbvia e evidente. Possuía 48 escadas que me conduziam ao subsolo, onde o escritório se mantinha igual ao que sempre fora.
E, acordei pelo “baladar” dos sinos da Igreja que se ouvia com nitidez e sonoridade. “Espraiava-se” a sua sonoridade mesmo pelas cercanias esmeradas e intensas de pureza. Atentas e apuradas.
Refugiei-me em mim próprio tentando organizar os pensamentos e as minhas emoções de fazer o bem. Sim! “Povoavam” o meu sentir, parecendo afagar-me. Amparar-me. Chamar-me.
Olhei tudo meigamente. Estava tudo no seu devido lugar de seriedade. Beleza. Magia.
Tornei a olhar. Dei viva atenção aos quadros existentes nas paredes. Um dizia: I Love You. I Love coffee. Every Thing is going to be OK. Meros auxiliares  que buscam o entendimento e compreensão de mim. Que divaga sem fim.
A banca encontrava-se impecável. Fora limpa com cuidado e esmero.
Pousei os olhos no balcão que comunicava a sua ternura e encanto direcionados ao meu existir sóbrio e lúcido. Os “estores” das janelas da sala primavam pela delícia e deslumbre de excelência. Estavam limpos e asseados.
A madrugada envolvia-me. Com fascínio e carinho. Parecia querer falar. Parecia prometer – me mais anos de vida.
A TV era o minha única e o meu ímpar objeto preservado ali que se havia apaixonado pela vida. Pelo meu Mundo de sonhos. Pela ternura do Planeta. Parecia querer manter bem evidente a “chama” do amor. Da amizade. Do conforto e agradabilidade em que existo.
Ao lado uma mesa disposta a receber-me com hospitalidade e harmonia maravilhosas. De delícia e encanto visíveis. Nunca vistos!
Parecia “captar” todos estes instantes de pureza e sublime majestade perfeita e exequível nos meus sentimentos. Altruístas. Solidário dos mais fracos.
Fechei os olhos num compromisso do olhar. Fiquei feliz e adornado e imiscuído no meu ser irrevelável por sensatez. Sobriedade. Existiam em mim com deleite.
 Eu  E A Minha Adorável Casa!
É tudo, amigos de verdade.
Obrigado.

António Pena Gil

Monday, October 15, 2018



Por Respirar. Sou Eu Próprio!

Sou um admirador “crónico” dos mistérios do Mundo. Da Vida. Adorava visitar a Igreja do Santo Sepulcro na Palestina e a sua grandeza de historicidade que ela encerra.
Adorava visitar o túmulo de Maria e o local onde Cristo ascendeu aos Céus. Gostava imenso de ver o Sudário de Cristo e de Maria.
Será que o Santo Graal existe?
E, a Arca da Aliança?
Já foram tão procurados sem êxito ou sucesso.
Confesso que a magia de Dan Brown explicou tudo direitinho no seu fabuloso e notável livro: “O Código DA Vinci”. Fascinou-me, por completo e veio trazer mistérios. Códigos e cifras.
E, quanto à magia de delicia e de “respirar” uma notável paixão apaixonante sobre a filiação familiar de Cristo até aos dias de hoje?
Será que alguma família Dele, nos nossos tempos. Andará a “passear” entre nós? Existirá e viverá por aqui e nós não o sabemos?
Olhem, creio que é muito possível.
Maria era uma mulher e o seu marido para procriar. Teriam tido filhos? Que chegassem entre nós? Que chegassem até este século e chegassem até aos nossos Tempos Modernos?
Dan Brown deu um “tremendo” golpe na Literatura de hoje. Os autores começaram a escrever, com desespero e intensidade, Romances Históricos-Policiais que vão ao encontro do sucesso desejado e surgido há muito.
É muito provável que gerações e gerações de pessoas surgidas da “filiação” de Cristo originem uma filiação Dele. Em descendentes seus. Até sem o saberem. Quem sabe?
Tudo isto me fascina. Tudo isto me apaixona. Todos estes mistérios me encantam.
Gostaria imenso continuar. Não foi dito tudo. Não foi escutado por Deus? Fico-me, por aqui.
A vida Dele merece-me respeito. Imensa adoração e fascínio de excelência delineado em factos plausíveis e óbvios. De imensa adoração.
Obrigado.
António Pena Gil

Sunday, October 14, 2018


Falo Com O Universo Adorável!

O Céu é tão lindo. Maravilhoso. Falo com ele. Na sua vastidão de sonhar e encantar.  De descoberta dos seus tesouros escondidos encerrados.
Estão lá as deslumbrantes estrelas sublimes de enternecer e maravilhar.
Penso na Família. Na magia que irradia com ternura e carinho óbvios e sensíveis que perceciono. De deleite e beleza grandiosas. Sinto uma sensação aprazível e bela de muito tempo a olhá-lo.
Acredito fielmente nos meus sonhos de viver e de sentir. O Firmamento é de delícia. Fantástico e fabuloso.
Suscita pureza e notabilidade nos meus sonhos esplendorosos que retenho só de contemplá-lo e observá-lo a todos os instantes.
Sim! Falta imenso. Falta “Conquistá-Lo”!
Dedicar-lhe um respeito e ternura neles visíveis. Que merece toda a minha atenção. Dedicação. Pasmo. Entrincheirado em mim e no que faço com amor e paixão. Parece tudo tão majestoso de fascinar. Não! Não hesito olhá-lo. De me dedicar a esse Céu. De perceção exata de que vivo ainda.
É uma emoção ímpar quando direciono o meu olhar para ele. Para o seu “Recanto” extraordinário de excelência e apreço. Só de “levantar” e “elevar” o pensamento e ele está lá. Bem no Alto das nossas controversas “cabeças” de sonho e de forma meiga como o vejo. Ampara-me e Protege-me.
Não! Observo-o, não com ansiedade. Em breve será “adornado” de sentimentos bons e sinceros. E, eu creio nesse Céu, com intensidade e profundamente.
Adoro e estimo imensamente o Universo. Com sonhos demorados. Com aquela verdade e autenticidade do que sou. Respeito e penso imenso sobre os que já “partiram”. Esses, compuseram a mais bela melodia que me apraz ouvir atenta e pormenorizadamente. Com um deleite criado no que sou com beleza e um sublime sentimento.
Creio que os que já “partiram” me “acenam” lá de Cima.
Com um “impacto” em mim de notável “confeção” dos meus atos concordados ou por concordarem. De uma conceção de pureza e encanto, onde guardo o amor. A poesia. A prosa/poética, sim!  
E, eu, permito. São os exemplos de virtude e fascínio a “dar à luz”. Provenientes da sublime magia como as princesinhas de bem o fazem.
Falo e falarei sempre com o Universo dos meus sonhos.
Hoje, sonhei demoradamente com esse Céu. Doce. Puro. Cristalino.
Falo Com O Universo Adorável!
Obrigado, brilhantes amigos de enternecer e de maravilhar.
Conto sempre convosco. Para o bem da Humanidade.
António Pena Gil

Saturday, October 13, 2018


DESCOBERTA ESPACIAL!

Cientistas descobriram a Primeira Lua fora do nosso Sistema Solar.
Dizem os Astrónomos que mais estudos ter-se-ão de executar que o possam comprovar.
Sabe-se que tem o tamanho de Neptuno e encontra-se a girar em volta de um Planeta. Afirmam também que as Luas são mais difíceis de encontrar do que os Planetas.
Mais estudos terão de serem efetuados para saberem se é habitada? Se existe vida nessa Lua?
No entanto, deveremos constatar, que é uma descoberta sensacional. Haver e encontrarmos esta Lua rodando em volta de um Planeta que lhes é desconhecido e, podendo, existir alguma prova de vida nele.
António Pena Gil
É uma prodigiosa DESCOBERTA ESPACIAL!
(Pesquisado na Net.)