Contribua para a Campanha do Agasalho 2009

Campanha do Agasalho 2009

Sunday, July 02, 2017





 

A tua ausência...”Faz-me” sentir vulnerável.

Omisso do mundo. De um Mundo que adoro, mas não entendo.

Fazes-me contar as estrelas lá no Alto. Uma a Uma. Como são belas!

Observo-as, de forma intensa. Apurada.

Assusta-me percorrer a vida sozinho. Podes estar certa. 

Sem estar sozinho. 

Custa tanto!

“Sou”.

“Serei” sempre a minha perpétua incógnita. Do que “sou”. Do Que Sei. Do que “sinto”. Mesmo. 

Uma incógnita...! Serei...?

Do sonho fabuloso repleto de terna magia. Tanta. Que me cobre. Que me acolhe. Que sei que nunca soçobrará.

Sim! Já te procurei.

No esconderijo doce. Naquele poderoso espaço. Delicioso.

Maravilhoso.

Que é nosso.

É de Deus...! É meu. É teu. Parecemos entendê-lo...!

Só os três o sabemos. Conhecemos. Aventuramos a explicá-lo.

Quanta doçura me torna irreal.

Se conseguisse explicar aquele nosso esconderijo?

Pensado. Escutado. Vivo. Vivido.

Naquele sítio precioso tão “chorado”.

No lugar por descobrir. Por entender.

No sonho fantástico.

Na tua deslumbrante pureza.

Uma pureza Linda...!

Na magia doce de um afago. Na tua ternura. Só tua. Do teu inteligível gesto que o céu percebeu. E, o fez trovejar. Nas trovas divinais abraçadas com carinho.

Que o Universo imenso compreendeu. "Ribombou" estrondosamente, cortando o silêncio!

Faiscou. Cintilou. Alucinou. Anunciou.

“Fulminou...de fascínio a tua ímpar beleza!”

Fazes-me tanta falta...?

Tanta...!

Sinto-o.

Na profundidade da minha escrita de Alma sentida.

Do que “sou”.

Tanta falta...amor!

Sou e serei sempre a minha eterna incógnita, sabes...? Será que serei uma incógnita...?

Tu descobriste...Tão bem...! Que eu elogiei.

Demasiado...! 

Por sentir aquele instante de perfeição. Da tua perfeição.

“Quando o Céu Trovejou, Em Trovas Que Deliciosamente Entendeu”?

Lembras-te...?

Fazes-me tanta falta...! 

António Pena Gil



Fazes-me tanta falta...!